3 dicas para pedir feedbacks eficientes sobre sua startup

3 dicas para pedir feedbacks eficientes sobre sua startup

Todos os dias recebemos emails, mensagens pelo skype, facebook ou twitter de empreendedores apresentando suas novas ideias de negocio, landing pages, videos com demos, mvps etc. Algumas vem acompanhadas de enormes textos, outras com Canvas e até mesmo planos de negócio em anexo. E todas terminam com alguma variação da frase: qualquer feedback será bem-vindo.

Sabemos que não apenas nós recebemos este tipo de pedido. Além disso, nas comunidades no facebook e listas de emails vemos mais uma leva destas mensagens.

Na maioria das vezes os feedbacks recebidos pelo empreendedor não são efetivos, e grande parte da culpa é de quem o pediu! Vou explicar o motivo através de algumas dicas de como ser mais eficiente e conseguir respostas mais interessantes.

1. Seja específico em sua solicitação

Evite a abordagem do “qualquer feedback será bem-vindo”. Diga claramente em quais aspectos você gostaria de ajuda ou opinião.

Por exemplo:

  • A minha landing page esta passando a mensagem de forma eficiente?
  • Você se sentiria seguro em assinar o plano anual do meu produto?
  • Existe alguma forma para eu melhorar a usabilidade da tela de login?
  • Você conhece alguém do setor de logística de transportes para me apresentar?
  • Conhece alguma solução similar à minha?
  • Quais outras funcionalidades você acha essencial para a próxima versão do meu produto?

Assim você estará facilitando enormemente o trabalho de quem irá respondê-lo, além de orientar o feedback exatamente para aquilo que você busca.

 2. Saiba para quem você está pedindo feedback

Assim como você deve evitar solicitações genéricas, também não peça opinião de todo mundo.

Pedir feedback em listas de email e grupos de facebook sobre startups serve apenas para você massagear o seu ego por estar lançando algo. Muitas das pessoas que irão responder podem ter muito pouca ou nenhuma propriedade para opinar sobre aquilo.

Uma coisa completamente diferente seria você buscar feedbacks nos grupos onde estão os seus clientes, mas aí já estamos falando sobre validação e a abordagem é outra.

Então, busque pessoas que você realmente respeita sobre aquele assunto que deseja o feedback (definido na dica 1) e tente conversar com elas.

Mas, se você nunca conversou com ele em nenhum momento, seja pessoalmente ou virtualmente, não adianta enviar um email padrão que montou pra uma lista de gente que encontrou não sei onde. Emails genéricos vindos de desconhecidos pedindo feedback dificilmente serão respondidos. Então, pra facilitar, comece a mensagem se apresentando e criando algum tipo de empatia.

3. Esteja pronto para receber críticas

Se você seguiu a dica 2, significa que só pediu opinião a pessoas que realmente você deseja ouvir. Então ouça sem rebater. Nós só aprendemos com críticas sinceras, não com afagos na cabeça.

Você não tem que convencer a outra pessoa que o seu produto é único, inovador, FANTÁSTICO ou coisas do tipo. Não seja insistente ou inconveniente. Lembre-se que o outro está te ajudando.

Para finalizar, dizer que qualquer feedback será bem-vindo significa que nem você sabe do que precisa. Então, as chances de ser ajudado serão mínimas.

Mas, seguindo estas dicas, você aumentará muito suas chances de receber feedbacks eficientes sobre sua startup e ainda fazer novos amigos!

Agora você já se sente pronto para pedir feedbacks de forma mais eficiente?

 

Next Post:
Previous Post:
  • http://www.whatsjob.com.br Rodrigo Souza

    Fantástico! Muita gente precisa ler isso!