5 dicas de produtividade das startups (que qualquer empresa poderia usar)

5 dicas de produtividade das startups (que qualquer empresa poderia usar)

Para a cofundadora da Contently Shane Snow, o empreendedorismo é, por definição, “a arte de criar sistemas que geram mais valor, com o menor esforço”. Startups como a dela seguem modelos de negócio de sucesso com base em produtividade de alto impacto.

Será que qualquer empresa pode seguir exemplos de startups para melhorar seus processos internos? A gente acredita que sim. Por isso, reunimos cinco dicas importantes para empreendedores que qualquer área, sendo negócios digitais ou não. Vamos ver o que as startups fazem?



1. Elas terceirizam as partes chatas

Já pensou em não precisar fazer todas as partes chatas de seu novo empreendimento? Só porque você ainda não tem uma megacorporação, não significa que não possa deixar os trabalhos mais azedos para outras pessoas fazerem. Por isso, sempre que possível, opte pela terceirização!

  • O Sanebox, por exemplo, é um serviço bastante útil, pois filtra os emails não-importantes do dia para você.
  • O IFTTT (abreviação de “If this, then that”, algo como “se isto, então aquilo”) é um outro programa para cuidar de tarefas pontuais. Que tal não ter mais que se preocupar com casualidades loucas? É enviado um aviso quando, por exemplo, vai chover, fazendo com que você não esqueça de sair com o seu guarda-chuva!
  • Serviços de higiene, mercearia e lavanderia também são boas opções para terceirizar.

Mas lembre-se: JAMAIS terceirize uma atividade crítica do seu modelo de negócio. Especialmente aquelas que irão gerar um aprendizado importante. Não esqueça que é você quem tem que rodar o loop Construir-Medir-Aprender.

2. Elas não se deixam interromper

Os problemas que você precisará resolver serão bem complexos e, por isso, é importante se afastar de possíveis distrações que possam atrapalhar o seu foco. Na prática, em vez de prometer enviar um email para você, o fundador de uma startup vai tirar o telefone do gancho e escrever esse email enquanto você ainda está lá.

3. Elas planejam pouco, mas fazem muito

Reuniões e mais reuniões, conversas e mais conversas, follow-ups e follow-ups… Esqueça tudo isso! A ação deve sempre ser imediata. Para melhorar a produtividade de sua empresa, a questão atual não deve assumir um espaço futuro em seu cérebro ou no seu calendário. Evite ao máximo deixar para depois!

4. Elas têm reuniões assertivas

A sua agenda deve sempre ser clara e precisa. Se houver uma reunião, mais ainda. É uma reunião que pode ser feita em 6 minutos? Por que ficar alongando, então? Resolva em 6 minutos e parta para a execução. As startups produtivas evitam o excesso e o desperdício, principalmente de tempo.

5. Elas não perdem encontros de networking

A vida é feita de acasos, a gente sabe bem disso. E um bom empreendedor tem que saber aproveitá-los ao máximo. Nessa indústria, é difícil saber com precisão o que irá acontecer. Por isso, a recomendação é que se compareça ao máximo de encontros possível: palestras, meetups, workshops. Nessas ocasiões, troque ideias, ouça bastante, fale do que você precisa e do que pode oferecer. Nunca se sabe o que o destino reserva após uma conversa com pessoas interessantes, não é? =)

A gente quer saber: que lições das startups você levaria para sua empresa? Compartilhe nos comentários!

Next Post:
Previous Post: