7 dicas de ouro para driblar a crise

7 dicas de ouro para driblar a crise

CRISE – S = CRIE

A crise chegou. Muitos jovens estão perdendo o seu emprego, e tantos outros empreendedores quebrando.

Porém, crise também é tempo de oportunidade para quem sabe se reinventar. Tira-se o S da crise e temos CRIE.

Portanto no post de hoje, deixo aqui 7 dicas para você se reinventar.

1. REDUZIR CUSTOS

É até um pouco óbvio falar que em tempos de crise deve-se buscar reduzir custos. Mas essa, na verdade, é uma escolha estratégica. Porque numa crise você tem duas opções: ou você reduz os custos, ou arrisca tudo numa última tacada e investe. Investe no seu melhor produto, no seu melhor serviço, em aprender uma nova habilidade, ou uma nova profissão. Investir na crise requer planejamento, portanto, se escolher ir para esse lado, se joga! Mas se joga com planejamento bem amarradinho, para que seja um risco calculado!

2. ANALISE O SEU MIX DE PRODUTOS

Qual é o seu produto ou serviço estrela? Você sabe? É hora de avaliar o que realmente te dá mais lucro, manter o foco no produto de maior valor agregado e eliminar os que de baixo retorno. Seu produto resolve algum problema do cliente? Você está focado no cliente certo, ou vale reavaliar o seu mercado-alvo? É hora de investir em diferenciação. Crie novos serviços que resolvam problemas reais ou amplie os existentes.

3. RESOLVER UM PROBLEMA

Qual problema o seu produto resolve? Qual é a dor do seu cliente? Em momentos de crise é importante você saber responder a essas perguntas. Será que a dor do seu cliente é tão grande que ele gastaria dinheiro com você mesmo em tempos difíceis? Não? Então é hora de rever certas coisas: 1- qual problema ou necessidade você resolve?, 2- seu cliente enxerga valor no seu produto?, 3- planeje e decida: agregar mais valor à sua oferta ou  mudar de público-alvo?

4. INVISTA NA SUA FORÇA NAS VENDAS

Envolva e mantenha sua equipe de vendas comprometida. Faça-a exercer autonomia e assumir riscos. Informe sua equipe sobre cada detalhe ou alteração dos seus produtos e serviços. Sua equipe de vendas conhece a fundo o seu público alvo? Eles sabem qual é a dor do seu cliente? E as objeções? Você já mapeou as principais objeções que levam o seu cliente a não comprar de você? Uma das principais é “não tenho dinheiro agora”…
E então? Como você argumentaria essa objeção? Faça uma lista das principais e possíveis objeções do seu cliente e treine a argumentação com seus vendedores.

5. AUMENTE O CUSTO DE MUDANÇA DO SEU CLIENTE

Você sabe o que é Custo de Mudança? O quão custoso é para o seu cliente migrar para o seu concorrente? Ele perde algo se mudar? Ele tem algum custo com essa mudança? Por exemplo: se você tem um Iphone e mudar para um Samsung, você perderá toda a facilidade do sistema integrado que a Apple tem. Isto é o custo de mudança. E o seu cliente? Ele teria algum custo se mudasse para o concorrente?

6. OFEREÇA GARANTIA

Sua satisfação garantida, ou o seu dinheiro de volta! Você pode pensar que é loucura oferecer a garantia do dinheiro de volta em tempos de crise. “Ora, se todos estão sem dinheiro, todos vão acabar pedindo o dinheiro de volta.” Na verdade não. A garantia de reembolso aumenta o número de vendas, pois aumenta a confiança do cliente na empresa. E, você ainda pode limitar essa garantia para até 1 mês após a compra. Lembre-se: confiança é tudo!

7. SEM DRAMA

Não dramatize a situação. Não é preciso fazer tempestade em copo d’água. A situação não está boa, não não está. Como se diz por aí “não tá fácil pra ninguém”. Mas isso não quer dizer que o mundo vai acabar. Não, não vai. O país não vai acabar e sua empresa não irá morrer se você se reinventar e focar nas oportunidades que surgem com a crise. Keep calm and no drama! Aja mais, reclame menos. Menos blábláblá e mais ação!

E, se sua ação for contratar uma consultoria, não caia no papo furado de muito gogó. Não se impressione com os pavões que existem por aí. Avalie menos os títulos e currículo do consultor, e mais os cases de sucesso. O que vale mesmo é o que o cara está fazendo ou fez em outras empresas. Fique esperto! #ficaadica
Por hoje é só pessoal.

Um forte abraço e boas realizações!

#istoécoaching

Next Post:
Previous Post:
  • Aldemi Nascimento

    Tava Precisando disso, muito motivador.