8 Startups para ficar de olho em 2015

8 Startups para ficar de olho em 2015

Um startup se parece com aquele jogador que desponta nas categorias de base do clube de futebol. Apenas bons olheiros são capazes identificar as diferenças entre aqueles que não passarão de promessas e os futuros craques. E foi isso o que a revista Exame fez recentemente, ao reunir quatro especialistas que indicaram empresas que devem se destacar em 2015.

Observar o desempenho das startups aponta tendências do mercado. As oito empresas listadas têm em comum a adequação da tecnologia a uma boa ideia.

Confira quem são as “queridinhas” dos investidores e analistas.

1- Theranos

TheranosA empresa promete uma revolução no mercado de saúde dos Estados Unidos. Ela desenvolveu a tecnologia que permite a realização de exames laboratoriais com apenas uma gota de sangue. Para completar, os custos são bem menores. Elizabeth Holmes, fundadora e CEO da Theranos, anunciou em 2014 uma parceria estratégica. A rede de farmácias Walgreens levará a tecnologia da startup a todo o país.

2- Hotel Urbano

Hotel UrbanoImagine uma empresa que deve ingressar no seleto clube dos empreendimentos bilionários com apenas quatro anos de operação. O site Hotel Urbano aposta na diversificação para enfrentar os gigantes estrangeiros que atuam no concorrido mercado de reservas de hospedagem pela internet.  Fundada em 2011 pelos irmãos João e Eduardo Mendes, ela teve em 2013 receitas na ordem de R$ 450 milhões. No ano passado, recebeu aporte de R$ 120 milhões do fundo Tiger. Fechando a maré de boas notícias, o Hotel Urbano está prestes a anunciar a aquisição de um site de venda de ingressos e da B2W Viagens.

3- Instacart

InstacartO empreendedor Apoorva Meha trabalhava Amazon e via como a empresa tinha dificuldades para atuar no ramo de venda de alimentos. A entrega era o ponto crítico. Observando os erros da gigante, decidiu criar a sua empresa para atuar nesse nicho de mercado. Assim surgiu, em 2012, a Instacart. A startup disponibiliza um aplicativo por meio do qual o cliente compra comida, inclusive perecíveis, diretamente das grandes redes de supermercados dos Estados Unidos. A entrega é feita em apenas uma hora por funcionários da Instacart. Fundos de investimento já injetaram US$ 154,8 milhões na empresa.

4- Truckpad

TtruckpadFacilitar a aproximação do caminhoneiro autônomo com a carga. Essa ideia simples deu origem à Truckpad, startup da área de logística. Com um aplicativo gratuito, o motorista localiza a carga ou oferta de frete mais próxima. Já as transportadoras utilizam o software para contratar o serviço e monitorar o deslocamento do caminhão. O aplicativo funciona ainda como ferramenta de comunicação na estrada. Carlos Mira, fundador e CEO da startup, destaca que esse mercado tem um milhão de clientes potenciais. A empresa recebeu os prêmios de melhor startup da Expo Winter 2014.

5- Slack

SlackQuantas empresas valem mais de US$ 1 bilhão com apenas um ano de operação e ainda contam com o financiamento do Google? Só a Slack apresenta essas credenciais. Atuando no ramo de comunicação corporativa, a startup tem entre seus criadores Stewart Butterfield, fundador do Flickr. A empresa oferece um serviço para o mercado corporativo  que combina chat em grupo, mensagem instantânea, compartilhamento de arquivos, além de sistema de busca e arquivamento.

6- Mr. Plot

Mr PlotA startup surgiu em 2011, em Recife, fruto do trabalho dos empreendedores  Leonardo Melo e Felipe Almeida. Incubada no Porto Digital, a empresa cria aplicativos para dispositivos móveis (smartphones e tablets), jogos digitais e animações em 3D direcionadas a atividades pedagógicas para crianças. A receita da Mr. Plot vem do licenciamento de DVDs, peças de teatro e com o programa Bita, transmitido pelo canal Discovery Kids.

7- SpaceX

SpaceXComandada por Elon Musk, cofundador do PayPal, a SpaceX lançará este ano o primeiro foguete espacial reutilizável. O plano da startup é enviar naves tripuladas a Marte em 2024. Dona de tecnologia de ponta, ela tem contratos com a Nasa e a Boeing. A SpaceX foi a primeira empresa privada a reabastecer a Estação Espacial Internacional.

8- Sympla

SymplaCriada em 2012,em  Belo Horizonte, a Sympla se especializou na venda de ingressos e na gestão de eventos. Um ano após entrar em operação, recebeu aporte de R$ 2 milhões e não parou mais de crescer. As projeções para 2015 indicam faturamento na casa de R$ 50 milhões.

 

Quer tirar uma ideia do papel ou saber mais sobre empreendimentos digitais? A Bizstart conta tudo. Comente e compartilhe essa ideia com seus amigos!

Next Post:
Previous Post: