A importância de saber codificar nos dias de hoje

A importância de saber codificar nos dias de hoje

Nas rodas de conversa de startups e empresas de tecnologia, a falta de bons programadores no mercado é tópico recorrente. Muitos especialistas e acadêmicos apontam que o desconhecimento de técnicas de programação será o analfabetismo do futuro. Dividindo o mundo sob esse ponto de vista, encontramos três tipos de pessoas:

  1. As que sabem programar e conseguem fazê-lo em linguagens (as mais usados hoje são Javascript, PHP e C++) ou ambientes específicos, criando códigos para comandar sistemas e computadores a partir de uma tela em branco.
  2. As que sabem ler e compreender códigos prontos. Conseguem discutir com os programadores do Tipo 1 sobre as estratégias utilizadas e eventualmente colaborar para melhorias. Conseguem resolver problemas básicos em linguagens mais simples.
  3. As que desconhecem quaisquer linguagens de programação e são incapazes de compreender a lógica envolvida para o comando de computadores.

Os profissionais do tipo 1, já fazem falta atualmente e são fundamentais no processo de inovação e empreendedorismo. São extremamente disputados pelos profissionais do tipo 2, que em geral se posicionam na liderança de startups e empresas em início de operação, que contam como apoio fundamental dos técnicos e engenheiros para que os modelos de negócio e as novas ideias possam sair do papel e serem colocadas em prática através de interfaces e soluções tecnológicas de qualidade.



O gap começa na escola

Essa carência de profissionais do tipo 1 tem suas raízes no processo educacional, que ainda trata o incentivo ao aprendizado de linguagens de programação como atividades extracurriculares, normalmente oferecidas a partir do final do Ensino Básico ou durante o Ensino Médio. Essa carência, apesar de acentuada nos países em desenvolvimento, é global e se apresenta como um dos maiores desafios na preparação de profissionais para as próximas décadas em todas as áreas de negócios.

Os profissionais que tiveram acesso logo cedo às técnicas de programação se destacam no mercado atual de trabalho. Microsoft, Apple, Yahoo, Google, Facebook e Twitter são exemplos de empresas de tecnologia que foram fundadas por tais profissionais. A iniciativa www.code.org oferece ferramentas para escolas de todo o mundo anteciparem sua oferta de cursos de programação para alunos em idades iniciais. Uma excelente perspectiva dos valores envolvidos com essa iniciativa pode ser vista no vídeo abaixo. Vale dedicar 5 minutos para se inspirar!

Depois de ver o vídeo, pense sobre que tipo de profissional você é hoje e como pode se preparar melhor para o mercado. Caso já seja um “tipo 1”, pense em como pode ajudar as escolas da sua comunidade a prepararem os tipo 1 do futuro!

E para você, qual a importância de saber codificar? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!

Next Post:
Previous Post: