A persistência do Coronel Sanders: a história de sucesso do KFC

A persistência do Coronel Sanders: a história de sucesso do KFC

Você certamente já ouviu aquela máxima: “nunca é tarde para começar”. Pois é, o Coronel Harland Sanders, de Kentucky, nos Estados Unidos, levou o ditado a sério. A história de sucesso dele no empreendedorismo começou aos 65 anos de idade, assim que se aposentou.

Empreendedorismo por necessidade

Depois de ter seu restaurante fechado em função da construção de uma estrada que passaria pelo local, Sanders resolveu se aposentar. Mas o benefício de 105 dólares mensais o deixou inconformado. O coronel resolveu, então arregaçar as mangas. O ano era 1930, logo após a crise econômica que ficou conhecida como A Grande Depressão. Foi uma época marcada pela falência de muitas empresas que não imaginavam sequer a possibilidade de crise em um mercado até então tão próspero.

Exemplo de persistência

Assim como muitos empreendedores em busca de tirar uma ideia do papel, Coronel Sanders também ouviu alguns “não”. Ou melhor, ele recebeu ao todo 1.009 nãos durante os dois anos que passou dirigindo e dormindo em seu próprio carro pelas estradas americanas, indo de restaurante em restaurante na tentativa de vender a ideia de sua franquia de frango frito.

A persistência do Coronel Sanders foi realmente extraordinária. Mesmo com tantas negativas, ele não deixou de confiar no potencial e na qualidade que tinha a oferecer. O esforço de Sanders valeu a pena. Depois de meses viajando, ele finalmente conseguiu vender sua receita de frango frito a um restaurante de beira de estrada. Nascia em 1952 a Kentucky Fried Chicken (KFC), que veio a ser uma das maiores redes de fast food do mundo.

8_5-kfc

Frango bilionário

Em 1964, a rede do Coronel Sanders já continha mais de 600 restaurantes! Hoje, são mais de 5 mil estabelecimentos espalhados por 120 países, 12 milhões de clientes por dia e cerca de 1 bilhão de pedaços de frango servidos por ano. Já pensou se ele tivesse declarado fracasso no primeiro “não” que recebeu?

E você, conhece outros exemplos de empreendedores esforçados e persistentes? Compartilhe com a gente nos comentários! 

Next Post:
Previous Post:
  • Jose Carlos Cardoso

    O sucesso quase sempre vem em forma de derrota, essa é umas das razões de poucos conseguirem alcançar.

  • Fábio Jr

    Sanders fundou a KFC com 40 anos e não com 65…

  • Robert Sandino

    É, mas ele, o Cel.Sanders, mesmo numa epoca de crise e em guerra teve a sorte de fazer isso tudo num país capitalista onde os empreendedores nutrem vontade propria suficiente e vão à luta certos do sucesso e o governo estimula os negocios auxiliando o empreendedor e facilitando sua abertura e funcionamento, muitissimo diferente de paises terceiro mundistas como um certo Bananão da America Latrina dirigido por socialistas estupidos que de nada entendem sobre negocios, que odeiam o capitalismo mas adoram o capital em seu bolso enfiando goela abaixo do empreendedor a pecha de “mais rico” atraves de impostos desproporcionais e progressivos alem de burocracia dacroniana, tanto para abrir como para manter e ate para fechar seu negocio, portanto, a possibilidade de investimentos bem sucedidos nos EUA x do Bananão, independente das posses do dono é pelo menos 75 vezes mais positiva e com reais possibilidades de sucesso segundo dados de entidades ligadas ao assunto.