Como acelerar o aprendizado da sua startup usando análogos e antianálogos

Como acelerar o aprendizado da sua startup usando análogos e antianálogos

Se você leu o post saia da zona de conforto e faça o que realmente é importante para sua startup e seguiu meus conselhos, então já deve ter criado seu modelo de negócios, levantado seus principais riscos, priorizado, definido hipóteses, elaborado experimentos e… Percebido que só conseguirá validar todas essas hipóteses daqui a uns 6 meses :-(. Essa lentidão é muito ruim, e é por isso que nesse post veremos o que você pode fazer para acelerar o aprendizado da sua startup.

Um dos princípios do Lean Startup é o aprendizado validado. E o grande desafio para o empreendedor que deseja obter sucesso na sua startup é acumular esse aprendizado com maior velocidade possível. Não adianta aprender muito, mas devagar! Se fizer isso, permitirá que concorrentes mais ágeis conquistem seu mercado.

Uma forma bem simples de acelerar o aprendizado – validando hipóteses – é fazer uma comparação com outras empresas, produtos, atividades, comportamentos etc. Ao fazer essas comparações você pode descobrir que boa parte das suas hipóteses não carregam tantas incertas assim.

O investidor e autor Randy Komisar usa o exemplo do iPod – no seu livro Getting to Plan B – para ilustrar a estratégia de aprendizado com análogos-antianálogos. Aqui vou dar uma resumida para mostrar como essa estratégia pode te  ajudar a aprender mais rápido.

Vamos voltar para a época de criação do iPod e considerar três questões/incertezas vividas pela Apple:

  1. As pessoas escutarão música com fone de ouvido em lugares públicos?
  2. As pessoas estarão dispostas a baixar músicas?
  3. As pessoas estarão dispostas a pagar para baixar músicas?

Olhando para um análogo ao iPod – o walkman – podemos aprender que:

  • É claro que as pessoas escutarão música com fone de ouvido em lugares públicos! Elas já fazem isso usando walkman. Isso era uma incerteza para a Sony quando criou o Walkman, mas não para a Apple.

Se olharmos para um antianálogo – o Napster – também podemos aprender que:

  • As pessoas estão dispostas a baixar músicas, mas
  • Não pagam por isso.

Veja que apenas com essas duas comparações a Apple conseguiu definir qual seria a questão central para o sucesso do iPod: as pessoas estarão dispostas a pagar para baixar músicas? E assim acelerar seu aprendizado focando seu trabalho na questão que realmente importava para seu negócio.

Você precisa ter bastante cuidado para não cair na pilha do “valide tudo”. Lembre-se que você só valida para aprender, validação por si só não tem significado. E se existe uma forma de aprender mais rápido, é essa que vamos usar!

Como anda a velocidade de aprendizado da sua startup? Compartilhe conosco!

Next Post:
Previous Post: