Como usei Lean Startup para validar meu negócio offline

Como usei Lean Startup para validar meu negócio offline

Após a leitura do ebook “Sua ideia ainda não vale nada”, tive meu primeiro teste de fogo com validação de hipóteses usando o método Running Lean, baseado no Lean Startup. Com um produto nem um pouco digital e um cliente totalmente fora do mundo tecnológico, parti para dar início as abordagens.

Post convidado.

A validação a ser feita era a respeito de um produto de reciclagem de materiais e coleta de lixo para regiões praianas. As pessoas que seriam abordadas eram os garçons que servem as mesas na areia da praia e os donos de quiosques. Minutos antes da abordagem, parei, respirei e refleti sobre 3 pontos principais que o ebook me ensinou:

  • Primeiro de tudo, validar se a “dor” do cliente existia e qual nível ela se encontrava.
  • Em segundo lugar, como o cliente “se virava” com aquele problema. Era necessário saber se ele tinha alguma solução improvisada.
  • E por fim, verificar se ele tinha necessidade e urgência de mudança, ou se aquela dor não era tão problemática assim.

Ao iniciar a abordagem, objetivando sempre a dor do cliente e não a minha solução, pude perceber que tudo o que tinha em mente que o cliente necessitava foi se confirmando. O mais interessante foi que, ao longo da conversa, não citei em nenhum momento a minha solução, porém o próprio cliente chegou nela ao expressar as suas dores. Conversei com mais duas outras pessoas, utilizando a mesma abordagem, e o resultado foi o mesmo.

Fantástico! Já sabia que o livro ajudaria muito as pessoas a validar seus negócios digitais, porém nunca poderia imaginar que ele serviria para produtos não digitais. #FicaDica. Nos próximas passos, continuarei a usar as orientações do Ebook para validar a minha solução. Espero ter a mesma experiência positiva que tive ao validar o problema do cliente.

Bom, esta foi a minha experiência. Agora gostaria da sua contribuição  =) Vamos lá!

Qual foi a experiência com validação que você já teve?!

 

Next Post:
Previous Post: