Conheça melhor o seu cliente usando Design Thinking

Conheça melhor o seu cliente usando Design Thinking

O Brasil é um país com forte caráter empreendedor. Atualmente 17% da população brasileira desenvolve algum tipo de atividade empreendedora. E aqueles que ainda não estão no barco do empreendedorismo, sonham em ter o próprio negócio. Muitos jovens recém-saídos das universidades estão apostando nas startups como um caminho profissional independente.

Como tirar uma ideia do papel com Design Thinking?

Independente do seu destino no mundo empreendedor, considere que o mercado cada vez mais competitivo traz mudanças rápidas e repentinas. É mais difícil inovar, visto que todos estão nessa mesma busca. Como estamos falando de inovação, devemos abandonar antigos modelos de negócio e buscar novas formas de como empreender e conhecer o cliente, bem como identificar e satisfazer as suas necessidades.

O Design Thinking é um caminho para chegar a novas soluções. Diferente de outras metodologias, o foco muda do problema para o indivíduo. O termo criado por Tim Brown, CEO da Ideo, aborda a forma de pensar do design nas estratégias para resolver problemas. O método humaniza os propósitos dos negócios e coloca o indivíduo no centro das atenções.



Para quem está pensando em como empreender e para os que desejam modernizar ou migrar seu negócio para o ambiente online, o Design Thinking é um caminho para inovar, criar soluções, produtos e serviços que realmente satisfaçam o consumidor final.

Uma das ferramentas utilizadas são arquétipos denominados Personas, que são personagens fictícios elaborados com as principais características de um grupo de clientes (público-alvo ou target). A criação desses perfis ajuda a definir um caminho para atingir seu público.

Público–Alvo
Por exemplo, empresários de 35 a 45 anos, ligados ao setor financeiro e de economia, que ocupam altos cargos, pertencem às classes A e B, são casados ou solteiros, residentes da cidade de São Paulo.

Criação de Persona
Exemplo: Paulo Roberto, 40 anos, casado, diretor de um banco de investimentos localizado em São Paulo, possui uma rotina atribulada com muitas reuniões ao longo do dia. Passa maior parte do seu tempo no trabalho e muitas noites ainda tem jantar de negócios. Acorda muito cedo para praticar atividades físicas e para chegar ao trabalho antes de horário para se atualizar das notícias do mundo e da economia. Viaja muito a trabalho, mas reserva duas datas no ano para viajar só com a família.

Persona

Inserindo a persona dentro de um contexto, cenário e situação, é possível colher insights de como se comunicar com esse cliente, como chegar até ele, qual melhor meio, qual melhor horário, qual linguagem, o que ele procura e principalmente, o que o satisfaz?

Para obter essas informações é preciso observar de perto, colocar-se no lugar do cliente para entender melhor o que ele está buscando. Pesquisas quantitativas e “achismo” não nos permitem compreender o que este público realmente deseja.

Ficou interessado? Você pode saber mais sobre a metodologia para conhecer seu cliente através deste curso online sobre canvas, que mostra como usar Design Thinking na prática e traz outras ferramentas, exemplos e metodologias de desenvolvimento de negócios. Ou procurar por consultorias especializadas em criação de negócios inovadores.

Se quiser saber mais sobre Design Thinking, o espaço de comentários está aberto! É só compartilhar sua dúvida.

 

Next Post:
Previous Post: