Histórias de sucesso no empreendedorismo

Histórias de sucesso no empreendedorismo

O caminho do empreendedorismo é cada vez mais procurado. Muita gente prefere deixar de seguir uma carreira linear e progressiva dentro de uma empresa, onde existe possibilidade limitada de crescimento e um chefe para lhe dizer o que fazer e o que não fazer, para se aventurar no mundo empreendedor.

Qual caminho seguir?

Mas, ao contrário do que parece, a carreira empreendedora não se trata simplesmente da total independência de um chefe, mas do resultado de muito esforço que, de uma maneira ou de outra, deve partir de você mesmo. Afinal, sem supervisão e ninguém para lhe dizer o que fazer, o empreendedor aprende com a escola da vida.

Existem diversas maneiras de iniciar seu próprio negócio. Cada vez mais, metodologias que aumentam as chances de sucesso podem ser implementadas. A metodologia Business Model Generation e instituições de apoio ao empreendedorismo são exemplos dessas novidades que fornecem todo o auxílio necessário para dar o passo inicial.

Exemplos reais

Muita gente fala de personagens com histórias fora do comum, como Steve Jobs e Zuckenberg. Mas que tal olharmos ao redor e nos espelharmos em exemplos mais próximos de nós? Podemos citar a história de Edivan Costa, fundador da SEDI. Nascido e criado em uma família humilde em uma favela de Belo Horizonte, trabalhou, durante sua trajetória, como jogador de futebol, office-boy, catador de papel e, por fim, como empreendedor, quando fundou seu próprio negócio, primeiramente como um despachante.

No início, o orçamento era curto, pois ainda não existia uma carteira de clientes, nem um salário fixo e os custos pareciam exorbitantes. Foram necessários alguns esforços maiores que logo foram compensados pelo próprio Edivan que, segundo ele mesmo, sempre acordou cedo, trabalhou duro e, consequentemente, adquiriu a confiança de alguns advogados.

Com o aumento da confiança aumentou também o número de clientes. Ele viu a necessidade de aumentar seu quadro de funcionários. Empregando primeiro os próprios irmãos e, depois, outros profissionais. A esta altura, Edivan voltou à escola, onde aprendeu outra lição: para que informação se torne conhecimento, é necessário aplicá-la – foi quando ele precisou sair da faculdade e se dedicar apenas ao trabalho.

Um de seus clientes um dia lhe ensinou outra lição que o fez mudar de atitude e acarretou no crescimento da SEDI em todo o território nacional: “conheça pessoas”. Foi com essa frase em mente que Edivan conseguiu acesso a grandes clientes, como o Carrefour, que aumentou a abrangência de seus trabalhos e o volume de serviço. Ele precisou, então, abrir escritórios em vários estados brasileiros. Não sem antes aproveitar as oportunidades de capacitação, crescimento e mentoring oferecidas pelo mercado – neste caso pela Endeavor.



Faça a sua história

Na área tecnológica as facilidades de abertura de empresas são maiores, porém, não menos trabalhosas. Ferramentas de desenvolvimento de negócios estão acessíveis a todos, mas o que fazer com elas depende única e exclusivamente de você, empreendedor. Existem no mercado, diversas outras oportunidades de capacitação de extrema qualidade.

Nós mesmos, da Bizstart, procuramos ensinar tudo sobre startups e modelagem de negócios e oferecemos suporte para que você dê os primeiros passos na direção certa e realize seu sonho de empreender.

Aproveito também para recomendar a leitura do nosso ebook gratuito Empreendedorismo Transformador. Nele você acompanhará a saga de um empreendedor como você e verá como começar a mudar sua história, assim como o Edivan fez com a dele.

E que tal compartilhar com a gente as histórias que servem de inspiração para você? O espaço para comentários está aberto, é só chegar!

Next Post:
Previous Post: