O papel do Startup Weekend na formação de um empreendedor

O papel do Startup Weekend na formação de um empreendedor

Em geral, cria-se uma startup quando um grupo de pessoas que possuem uma ideia inovadora se reúne, discute e chega a um consenso de algo que pode modificar algum mercado e gerar renda. Esse projeto deve ter como objetivo a criação de uma empresa, com baixos custos de manutenção e crescimento rápido – o famoso mantra adaptado de Steve Blank e Eric Ries, do modelo “repetível, escalável e trabalhado em condições de extrema incerteza”.

Mas como satisfazer essa equação, principalmente quando não se tem experiência empreendedora ainda? Uma das iniciativas que procura dar esse empurrãozinho é o evento mundial Startup Weekend.



Como criar uma startup em 54h

Em 95 países, há um evento periódico que reúne as mais diferentes pessoas vindas das mais diversas áreas e que têm um só propósito: criar um projeto inovador. O Startup Weekend reúne desenvolvedores, designers e empreendedores em geral, misturando universitários e profissionais, novatos e também quem já tem algumas histórias de sucesso (ou fracasso) no currículo.

Os participantes têm como meta compartilhar as ideias, formar grupos ou times e lançar uma startup – tudo isso em apenas 54 horas! É isso mesmo: em poucas horas as pessoas têm que colocar sua ideia inovadora de negócio no ar, testada e validada pelo mercado.

Como funciona o Startup Weekend

Os participantes fazem seus pitchs e, em sequência, ocorre a formações de times. Depois, com a ajuda de mentores, os empreendedores irão trabalhar suas ideias de negócios, que posteriormente serão apresentadas para a banca de jurados. Uma delas será premiada ao final do evento.

Cada equipe formada por líderes, estudantes e empresários tem a missão de inspirar, educar e capacitar os participantes, suas equipes e mesmo toda a comunidade. É uma oportunidade excelente para quem quer montar um novo negócio, trocar experiência com outros empreendedores e profissionais de diversas áreas. O evento proporciona uma oportunidade única para a troca de experiências e networking.

Transformação empreendedora

Um dos aspectos mais interessantes é que o evento é realizado por voluntários. Ou seja, só está lá quem realmente acredita nessa experiência e compreende como é importante aquele momento. Organizadores, mentores, palestrantes e demais participantes atuam não por receber um retorno financeiro e sim para poder plantar sementes de empreendedorismo ao redor do mundo. Por isso, esse é o lugar perfeito para o jovem programador, designer, administrador, estudante e qualquer empreendedor-wanna-be se motivar, aprender, trocar ideias e crescer, somando a experiência dos demais e compartilhando as suas.

O despertar para o empreendedorismo e a troca de experiências são ingredientes fundamentais para o sucesso dos participantes e é claro, do evento. Todas as ideias criadas são submetidas a um júri e, por várias vezes, quando a ideia é realmente boa, os ganhadores acabam conseguindo investimento para colocá-la em prática. Mas muito mais do que a criação de projetos de sucesso, o maior foco é a capacitação das pessoas que participam. Se você quer cativar toda uma equipe para seguir sua ideia, sair do prédio e validá-la no mercado, montar um MVP e colocar tudo no ar em pouco mais de dois dias, esse é o desafio ideal.

E você, já participou de alguma edição do Startup Weekend? Conte sua experiência para a gente nos comentários!

Next Post:
Previous Post: