Seja o CEO que sua startup precisa

Seja o CEO que sua startup precisa

Você mal consegue se conter de empolgação quando pensa em ser o CEO da sua própria startup? Em um primeiro momento, pode até parecer uma tarefa fácil, mas antes de seguir por esse caminho é preciso conhecer bem cada passo dessa trilha. Para ajudar você, elaboramos algumas dicas para desenvolver seu lado CEO. Confira!

Menos autoridade e mais liderança

Já se foi a época em que o CEO era intocável e os encontros com a equipe só aconteciam em eventos periódicos da empresa. Hoje em dia, ouvir, conversar e conhecer sua equipe é fundamental. Dessa forma, você poderá conhecer de perto os problemas da sua empresa e por diferentes ângulos. Além disso, sua equipe se sentirá mais motivada, próxima e confiante.

Seja ambicioso e humilde ao mesmo tempo

Parece antagônico? Mas, para liderar uma empresa, é necessário começar por uma mudança interna. Avalie suas ações e maneira de pensar. Isso significa estar aberto para reconhecer os próprios defeitos – o que não é nada fácil. Por outro lado, explore o seu lado ambicioso e sua determinação. Busque os resultados que espera e canalize toda a energia necessária para atingir esse objetivo.

O capitão afunda com o barco

Jogar a culpa dos problemas na equipe é o que muitos fazem. A consequência disso só pode ser desmotivação, frustração e até raiva. Portanto, esteja à frente. É sua a responsabilidade pelo sucesso da empresa. Um verdadeiro líder deve assumir responsabilidades e responder por sua equipe.



Você é a sua empresa

A visão de uma startup é criada após muitos estudos e pesquisas. Um bom CEO precisa focar no caminho e seguir por ele até que essa visão seja alcançada. Você deve ser a pessoa que conhece cada canto da empresa como ninguém e por isso é importante ligar sua imagem ao produto sempre que possível. Dois exemplos famosos dessa associação são Steve Jobs, com a Apple, e Mark Zuckerberg, com o Facebook.

Esqueça as paredes da sua sala

Paredes distanciam você da sua equipe. Os escritórios colaborativos são como aqueles bistrôs franceses, sem portas, nem paredes, para que as pessoas se sintam mais à vontade ao chegar lá. Acredite, estar junto da sua equipe vai dar a você liberdade e seus colaboradores se sentirão muito mais próximos.

A gente sabe que muitas dessas características podem ser desenvolvidas durante o processo de validação das hipóteses de uma startup. Mas ao deixar de ser apenas um cofundador e se transformar em CEO você vai precisar de muito mais maturidade, persistência e outras qualidades relacionadas a empreendedorismo, elevadas à enésima potência. Você está preparado?

Que item você adicionaria à lista de qualidades que todo CEO deve ter? Conte para a gente nos comentários!

Next Post:
Previous Post: