Startup: 12 cases de sucesso no Brasil

Startup: 12 cases de sucesso no Brasil

Não faltam no Brasil casos de startups que deram e estão dando muito certo, são grandes exemplos de sucesso e movimentam bilhões de reais. Geralmente são comandadas por jovens empreendedores, com ideias que se mostraram grandes achados em suas áreas.

As startups de sucesso, invariavelmente, são fruto de iniciativas que combinaram um grande insightcoragem de errar, determinaçãoresiliência.

Se alguém ainda tem dificuldade de entender do que se trata uma startup, uma das definições teóricas mais simples é: …

… uma empresa inovadora que busca um modelo de negócios escalável e repetível.

Para entender na prática, preparamos uma pequena relação de startups brasileiras que são grandes sucessos. Conheça:

Buscapé

Este comparador online de preços veio ao mundo em 1999. O investimento inicial foi modestíssimo 400 reais do seu fundador, Romero Rodrigues, e três colegas.

Após vencer a desconfiança de varejistas, que não queriam abrir seus preços para comparação, o site caiu rapidamente nas graças do consumidor, tornando-se uma das principais plataformas do comércio eletrônico brasileiro.

Hoje a empresa é o maior site de comparação de preços da América Latina.

Easy Taxi

Lançado em abril de 2012 pelo mineiro Tallis Gomes, Easy Taxi é um dos cases mais bem sucedidos de nossa lista. Com o princípio básico de ligar taxistas a quem precisa de um táxi, o aplicativo para celulares cresceu, e vem crescendo, de forma muito rápida.

Um dos segredos são os constantes e milionários aportes que a startup recebe de investidores, fazendo com que hoje, com seus mais de 90 mil taxistas e mais de 3 milhões de usuários, o Easy Taxi atue em 29 cidades do exterior e em 27 cidades do Brasil.

Resultados Digitais

Com sede em Florianópolis, a empresa iniciou suas atividades em 2011. Seu produto é um software de gestão de marketing digital, o RD Station, que oferece: e-mail marketing, gestão de mídias sociais, landing pages, gestão de leads, SEO, automação de marketing e análise de performance, tudo integrado de forma simples e poderosa.

Este foi o motivo para ter recebido um aporte do Fundo DGF Inova, que identificou na empresa a capacidade de crescer rapidamente e transformar o marketing de empresas.

TruckPad

Um aplicativo voltado para caminhoneiros. Só esta premissa já vale para ficar atento a esta startup. Fundada por Carlos Mira, um ex-investidor, a ideia nasceu após uma aula em Stanford, na qual ouviu do professor que o futuro da tecnologia unia as ideias mobile, social, e cloud. Nasceu assim o projeto de uma rede de caminhoneiros, englobando serviços e ofertas.

O TruckPad é uma ferramenta que auxilia os caminhoneiros a conseguirem cargas e cargas a conseguirem caminhoneiros.  O app é voltado para os cerca de um milhão de caminhoneiros que são donos dos próprios caminhões — sem vínculos com transportadoras — que escolhem suas cargas, entre as diversas ofertadas, de acordo com o tamanho, destino e valor do pagamento.

Meus Pedidos

Um aplicativo para aposentar o talão de vendas, blocos e planilhas. Criado em Santa Catarina, o programa funciona em tablets e smartphones, e permite que o vendedor faça um histórico de seus negócios, anotes detalhes das visitas e tenha o mapa do local da transação. Dessa forma ele adquire um registro da evolução de suas vendas, comissão e desempenho.

Em três anos, a empresa conquistou mercado no Brasil e em países como Venezuela, Portugal e Espanha, além de receber um investimento Series A da Monashees e Qualcomm.

Sambatech

Pioneira no mercado de distribuição de vídeos ao vivo, a startup integra o MIT Startup Exchange, programa exclusivo do MIT (Massachusetts Institute of Technology) com uma tecnologia própria.

Esta é apenas uma das grandes conquistas desta empresa mineira que oferece soluções para mais de 500 clientes em oito países e possui escritórios em Belo Horizonte, São Paulo, Miami e Buenos Aires. Auto-referida como “o YouTube para empresas”, recebeu investimento da DFJ FIR Capital.

ClickBus

A plataforma oferece passagens rodoviárias pela internet, com bilhetes para mais de 3,5 mil destinos, sem cobrar taxa de conveniência do passageiro. Bata a ele escolher o trecho pelo site e retirar a passagem no guichê da companhia.

Surgida em 2013, recebeu, entre os diversos aportes, investimento da Rocket Internet.

Chaordic

Em cinco anos, a Chaordic, empresa especializada em personalização para e-commerce, cresceu de seis para 120 pessoas. Com isto se pode ter uma ideia do sucesso da plataforma que criou algoritmos para recomendar às pessoas alguns produtos de que elas podem gostar, aumentando a taxa de conversão das lojas virtuais.

Hoje, o Chaordic tem 15 dos 20 maiores players de e-commerce entre seus clientes.

Kekanto

Mais do que ser um indicativo de restaurantes e lugares, o Kekanto tem como meta ser “alguém” de confiança para poder dar dicas aos amigos de seus usuários.

Presente em 15 países, recebeu aporte milionário do fundo brasileiro W7 Brazil Capital, além dos fundos Accel Partners e Kaszek Ventures.

Zero Paper

Hoje são 450 mil usuários usando estes sistemas de gestão financeira que pode ser usado por quem não tem qualquer conhecimento de finanças. A startup brasileira foi comprada recentemente pela Intuit, companhia americana de softwares de gestão financeira.

O produto da Zero Paper é direcionado a profissionais autônomos, empreendedores individuais e microempresas, e pode ser acessado pela internet gratuitamente ou por meio de pacotes de serviços, com preços entre R$ 19,90 e R$ 39,90.

Conta Azul

Do mesmo segmento da Zero Paper, a Conta Azul é uma startup que já se tornou referência internacional, sendo citada em matérias como da prestigiada revista Forbes. O motivo? Talvez a Conta Azul seja a primeira startup brasileira a conquistar o bilhão.

Fundada em 2011, oferece um software de gestão totalmente online, com foco em micro e pequenos empresários. Participou de várias rodadas de investimento, inclusive no Vale do Silício. Já são mais de 400 mil empresas que contam com os seus serviços.

Contentools

Pioneira em marketing de conteúdo no Brasil, a empresa foi lançada em 2013 e oferece uma plataforma que automatiza os processos de criação de conteúdo online, publicação e distribuição. Seu objetivo é reunir redatores e empresas, sempre com foco em qualidade.

A empresa ingressou no mercado americano a partir de sua entrada no programa de aceleração 500 Startups. Atualmente a Contentools atende cerca de 300 clientes.

Você já conhecia todas essas Startups? Que outra você acrescentaria nessa lista como um case de sucesso? Conte para gente nos comentários!

 

Next Post:
Previous Post: